Yosemite na primavera – Família Califórnia

O Parque Nacional Yosemite (Yosemite National Park) localizado nas montanhas de Sierra Nevada na Califórnia famoso por suas vistas maravilhosas e paredões de granitos, cachoeiras é o mais popular dos EUA com uma média de 4 milhões de visitantes por ano. Quase 3 anos morando aqui esta foi a nossa primeira oportunidade de visitar, as expectativas era bem altas e realmente é um lugar único para voltar sempre. Neste post irei relatar o que fizemos em 2 dias e meio no parque com uma criança de 4 anos e 3 meses.

Saímos de Los Angeles às 7:30 da manhã e seguimos pela rodovia 41 – Via Fresno (4h30 a 5h de carro), fizemos uma parada em Fresno para almoçar e depois seguimos para Yosemite – Entrada Sul. Para acessar o parque existem 4 entradas, se estiver vindo de San Francisco a entrada será via rodovia 120 – Buck Meadows (3h30 de carro).

Após o almoço em Fresno paramos para abastecer em Oakhurst (abastecer dentro do parque é mais caro) e pegar as informações necessárias como mapas e dicas no Visitor Center de Madera (Visitor Center Madera´s County).

Bota no GPS: 40343 Highway 41, Oakhurst

 

Mariposa Grove – As gigantes Sequoias

 

Como chegamos via rodovia 41, nosso primeiro ponto de parada foi Mariposa Grove. Reformulado e reaberto desde 2018 o único acesso é via shuttle, antigamente os turistas passavam de carro mas para preservar as sequoias isto foi alterado. Estacionamos o carro e logo em frente seguimos de shuttle(incluso no ticket do parque) para as Sequoias.

 

 

Basicamente são duas trilhas fáceis, com o tamanho e beleza das Sequoias andamos sem perceber a distância percorrida.

Trilha Big Trees Loop:  0.5 km; inclui a famosa Fallen Monarch.

Seguimos adiante na trilha Grizzly Giant Loop:  3.2 km (cerca de 1h30 a 2h ida e volta) – esta trilha inclui a parte mais famosa de Mariposa Grove: Bachelor & Three Graces, Grizzly Giant (a sequoia mais antiga do parque 1900–2400 anos de idade) e California Tunnel Tree. Dica: da Grizzly Giant até o Tunnel Tree são poucos metros abaixo, não desista, quando chegar por lá tem a opção de terminar a trilha seguindo em frente para dar a volta completa ou voltar pelo mesmo caminho da ida, nós decidimos fazer a volta completa e confesso que era melhor ter economizado tempo e voltar pelo mesmo caminho da ida (andamos 1.3km a mais e as vistas não são tão bonitas como da primeira parte do loop).

 

Bota no GPS: 8308 Wawona Road, Yosemite Valley, CA 95389

 

Pioneer Yosemite History Center

Próxima parada seguindo a Wamona Road: Pioneer Yosemite History Center, como era fim de tarde (17:00) decidimos fazer uma parada de 15 minutos apenas por curiosidade e bater umas fotinhas.

 

Ao lado deste local fica o hotel Big Trees Lodge, dá para jantar e rola música ao vivo com historinhas do parque mas como estava cedo para jantar decidimos pular e seguir em direção ao Yosemite Village.

 

Tunnel View

O tempo estava super nublado e paramos no cartão postal do parque, o mirante Tunnel View, não vou postar as fotos do dia que chegamos pois estava nublado, no dia seguinte o tempo abriu e as fotos ficaram maravilindas. Dica: as fotos no Tunnel View são boas depois das 14:00 pois na parte da manhã o sol está posicionado bem a frente.

 

Nós tivemos tanta sorte que deu para bater as fotos com arco íris na Bridalveil Fall

 

Ao passar pelo túnel são dois estacionamentos para o mirante na esquerda ou na direita, as vagas são limitadas mas como são muitos turistas chegando e saindo tem que ter paciência para conseguir uma vaga. Dá para ficar fotografando tranquilamente 30 minutos no mínimo, as vistas são espetaculares para o El Capitan, o Half Dome e a Bridalveil Fall.

 

De lá seguimos para o nosso hotel em Mariposa – The Monarch (bem ok para dormir e tomar banho), planejamos a viagem com 1 mês e meio de antecedência e acredite não tinha mais nada dentro do parque ou nos locais mais próximos de Yosemite Village como El Portal e Fish Camp. Então nos restou o hotel a 1h30 de distância do Yosemite Village  – entrada 140 (El Portal Road). Se você está programando com muita antecedência a ida a Yosemite procure hospedagem dentro do parque. As vagas de cabanas e campings/motorhome costumam abrir 1 ano antes e esgotam rapidamente principalmente na primavera e verão (maio a setembro), estações de maior fluxo do parque. Com a desvantagem de ficar fora do parque a nossa estratégia foi de madrugar, todos os dias nós passávamos pela guarita 7h da manhã, achava que era mentira que às 8:00 o parque já enchia e sim é verdade e para estacionar é um caos, então mais uma dica: se você estiver fora do parque programe-se para chegar no máximo 7:30 da manhã, no verão as filas para entrar no parque vão de 1h30 a 2 horas. Para aproveitar bem o dia além de chegar cedo nós tomávamos o café da manhã dentro do carro para garantir a vaga no estacionamento sem stress (e ganhamos muito tempo com isso também).

 

Bridalveil Fall

Depois de Tunnel View seguindo para o Yosemite Valley, paramos na famosa cachoeira Bridalveil Fall (Véu da Noiva), uma trilha curta e fácil (quase 2km para ir e voltar), tem um estacionamento da trilha e se não houver vagas dá para parar na rua ao lado. Já sabendo que as cachoeiras estavam na potência máxima, levamos capas de chuva e galocha para o pequeno – Raulzito se sentiu a própria Peppa Pig desbravando a trilha, saímos de lá com os tênis/meias encharcados mas realizados.

 

No caminho para Yosemite Village é impactante ver os paredões de granitos, as cachoeiras e as árvores. Paramos diversas vezes o carro para fotografar as paisagens.

 

Yosemite Village – Faça tudo de ônibus(shuttle)

 

Seguimos para Yosemite Village – pode-se dizer que é o centrinho(coração) do parque com hoteis, restaurantes, mercadinhos e têm as linhas de ônibus que circulam para as trilhas mais populares. Então decidimos estacionar o carro e usar pelo resto do dia o shuttle. Dica: uma vez que você conseguir uma vaga nos estacionamentos no Yosemite Village utilize apenas o ônibus que o parque oferece gratuitamente para se locomover. Se precisar de mapas ou tirar dúvidas passe no Visitor Center (Ponto #5 ou #9 do ônibus).

Ao lado do Visitor Center tem o museu indígena que conta um pouco do início de Yosemite (lá da época de 1890), outro museu explora a fauna e flora etc. e tem um cinema bacaninha que passa uns filmes a cada 30 minutos sobre o parque. E a Galeria de Arte com muitas fotos do Ansel Adams que dedicou a vida toda fotografando as belezas de Yosemite, além de livros, posters, mapas, peças decorativas e souvenir.

 

Yosemite Falls – Lower

Voltando para as trilhas do Yosemite Village pegamos o ônibus no ponto #5 e descemos no #6 para Yosemite Falls. São duas quedas, a primeira trilha para a queda mais baixa a Lower – 1.6 KM ida e volta e para os mais aventureiros/guerreiros Upper com 12 Km ida e volta. Nós fizemos o loop da Lower e foi super sussa, ao chegar na ponte com vista de frente para cachoeira não molha tanto quanto a Bridalveil apenas um spray de água para refrescar.

 

Cook´s Meadow Loop

Depois de sair da trilha de Yosemite Falls não deixe de fazer esta trilha: Cook’s Meadow Loop – 1.6KM – 1 hora. É curta e para quem está com carrinho de bebê é super possível ou pode alugar uma bicicleta. Para acessar este loop não achei muitas placas mas vou colocar aqui as orientações: comece no ponto #6, atravesse a rua e siga o caminho da ciclovia, sempre a esquerda.

 

A caminhada tem vistas para:Yosemite Falls, Half Dome, Glacier Point e Sentinel Rock.

 

 

Após a capela siga em frente e entre a esquerda na Sentinel Bridge e repare na vista para o Half Dome.

 

Jantar no Mountain Room

Depois de finalizar a trilha jantamos no Mountain Room Restaurant ao lado do Yosemite Valley Lodge, ponto #8. Nós adoramos a comida e a vista para Yosemite Falls, recomendo reservar utilizando app Open Table, os restaurantes no Yosemite Village são bem concorridos.

 

Bota no GPS: 9006 Yosemite Lodge Drive, Yosemite National Park, CA 95389

 

Glacier Point

No dia seguinte iniciamos o dia no mirante Glacier Point, a estrada para lá começa na mesma entrada para ver as Sequoias, portanto se você tiver apenas 1 dia no parque e entrar pela rodovia 41 minha dica é começar por aqui. Mas lembre-se que a estrada para o Glacier Point é fechada durante inverno ou vai depender do tempo, você pode conferir no site do parque a situação das estradas. Do Yosemite Village a distância é de 1h15 quase 52km, uma estrada bem sinuosa, para quem sofre de enjôo recomendo um Dramin. São dois mirantes e se você estiver com pressa recomendo ir direto para o segundo mirante.

 

A vista lembra “Senhor dos Anéis”, as montanhas ainda cobertas de neve, vimos neve na estrada também.

 

Lá em cima a temperatura é bem mais baixa do que no Yosemite Village, não esqueça de levar uma BRUsinha.

 

No segundo mirante dá para ter uma vista mais direta para o Half Dome:

Ao lado as cachoeiras Vernal e Nevada.
O mirante é bem espaçoso imagino que no verão deve ficar lotado

 

Bota no GPS: Glacier Point Rd, Yosemite Valley, CA 95389

 

Mirror Lake

De volta no Yosemite Village estacionamos e seguimos para a trilha do Mirror Lake – ponto de ônibus #17. A trilha é fácil com uma leve subida – 3.2 km ida e volta, dá para fazer com carrinho de bebê ou de bicicleta (até um certo ponto quase perto do reflexo do rio – o aluguel das bikes fica no #13).

 

Como a segunda trilha do dia seria mais longa e para ganhar tempo nós levamos o Raul no carrinho.

 

É tão lindo que tenho que postar a foto na vertical também ;D

 

Almoço no Majestic Hotel

Na volta do Mirror Lake reservamos o almoço no famoso Majestic Hotel (ponto #3) se caso optar por jantar por lá lembre-se que tem o dress code – só pode entrar de social, o almoço pode ser com roupa sport mas mesmo assim reserve (pode usar o app OpenTable).

 

O hotel é lindo! E o mais caro de Yosemite também.

 

Trilha Mist Trail – Vernal Fall

De barriga cheia seguimos para a Mist Trail (ponto #16), neste ponto há inúmeras trilhas e escolhemos a cachoeira Vernal. Prepare-se esta trilha é pura subida, bem moderada a primeira parte até a ponte são 2.6 KM com elevação de 120 metros de 1 a 1h30 mas nós demoramos mais que isso porque o Raul(4 anos) foi a pé e tivemos que ir parando diversas vezes para seguir no ritmo dele. Vi muitos pais com carrinhos de bebê ou levando os babies no canguru, haja fôlego porque a trilha é puxada.

 

 

Durante a caminhada não precisa nem dizer que a paisagem compensa qualquer esforço, nas fotos abaixo são vistas da ponte e uma pedra gigante que as crianças brincam de escorregador, o banheiro estava desativado – esta parte achei bem ruim e tem um bebedouro de água para repor as garrafinhas.

 

 

Muita gente pára na ponte e volta mas nós tínhamos muita curiosidade de chegar até o fim. Então continuamos a subir e o total até o topo da Vernal são quase 4 KM(total-ida e volta) com elevação de 300m – 3 horas em média. Bom e aí que a coisa foi ficando mais complicada quando eu pesquisei nos blogs achei que eram poucos lances de escada e tal massss são muitos lances de escadas com todos degraus cheios de água. Os meninos ficaram na primeira parte porque ficamos com medo da altura e subir com a criança praticamente sendo carregada ficou impossível a missão. Eu decidi ir até o fim mas infelizmente cheguei quase no topo mas não no mirante eu não tive mais pernas e acabei desistindo por conta do cansaço e de preocupação de ter deixado os dois para trás.

 

Confesso que fiquei um pouco frustada porque faltou pouco para alcançar o mirante massss fica para uma próxima, portanto se você resolver subir até o mirante tenha em mente que depois da ponte é mais difícil ainda e mais perigoso por conta da água nos degraus.

 

A volta é descida e foi beeeem mais fácil

 

E assim finalizamos 2 dias e meio em Yosemite com a sensação de realização e desejo de voltar em outras estações!

 

 

Outras Dicas:
  • Quanto custa?
    $35 por carro – válido por 7 dias. Se você pretende visitar mais de 3 parques nacionais em um ano compensa comprar o Annual Pass $80.

 

  • O que fazer em 1 dia em Yosemite?
    Se você tem apenas um dia inteiro no parque sugiro: *Se entrar por Mariposa Grove escolha entre as Sequoias ou Glacier Point. Conheça o mirante Tunnel View, trilha Bridalveil Fall, trilha Yosemite Fall-Lower, a trilha Cook´s Meadow e o Mirror Lake.

 

  • Hospedagem
    Como comentei no post reserve hotéis dentro do Yosemite Village, caso não encontre vagas indico a região do El Portal ou Fish Camp. E a cidade de Mariposa se não houver jeito como foi o nosso caso ou Groveland.

 

  • Como é a estrutura do parque?
    O parque tem uma ótima infra estrutura principalmente na área do Yosemite Village, banheiros, mercadinhos e lanchonetes são bem acessíveis.
  • Nunca deixe alimentos a vista e abertos no carro por conta dos ursos que podem destruir o carro.
  • Leve muita água, protetor solar e snacks para passar o dia nas trilhas. Se estiver com crianças importante levar outras trocas de roupa. No caso das cachoeiras usamos capas de chuva mas mesmo assim molhamos os tênis.
  • Baixe os mapas offline pois a internet funciona em apenas alguns pontos em Yosemite Village no restante do parque não há sinal algum.
  • É proibido o uso de Drones

You Might Also Like